Acontece:
Translate:

Conheça os principais trabalhos sociais desenvolvidos na Remne






Untitled document

 

“Somos uma comunidade a serviço do povo. Buscamos viver o evangelho integral e como consequência a igreja deve contribuir para que haja uma mudança verdadeira em seu entorno. Assim compartilharemos da responsabilidade pelas vidas que morrem vítimas da violência, da fome, da seca, da doença, da corrupção, do preconceito e do pecado social”,  afirmou a coordenadora regional de Ação Social, Sueleide Costa, resumindo a visão que norteia  a Região Missionária do Nordeste.Com o mesmo ideal de promover essa responsabilidade social, as igrejas da Remne vêm atuando em diversas frentes, nas situações que envolvem vulnerabilidade e injustiça. “Ainda existem alguns tabus em torno do trabalho na Ação Social, como a ideia de um ministério a parte na vida e missão da igreja”, revelou Sueleide, que também ressaltou o propósito de cooperar efetivamente para que o caráter de amor e justiça de Deus se estenda para além dos muros do templo e não apenas como um evento, um momento diferente. “Somos uma comunidade a serviço do povo. Buscamos viver o evangelho integral e como consequência a igreja deve contribuir para que haja uma mudança verdadeira em seu entorno. Assim compartilharemos da responsabilidade pelas vidas que morrem vítimas da violência, da fome, da seca, da doença, da corrupção, do preconceito e do pecado social”,  afirmou a coordenadora regional de Ação Social, Sueleide Costa, resumindo a visão que norteia  a Região Missionária do Nordeste.Com o mesmo ideal de promover essa responsabilidade social, as igrejas da Remne vêm atuando em diversas frentes, nas situações que envolvem vulnerabilidade e injustiça. “Ainda existem alguns tabus em torno do trabalho na Ação Social, como a ideia de um ministério a parte na vida e missão da igreja”, revelou Sueleide, que também ressaltou o propósito de cooperar efetivamente para que o caráter de amor e justiça de Deus se estenda para além dos muros do templo e não apenas como um evento, um momento diferente. Missão na íntegraEm Teresina-PI acontece o Projeto Jesus Pão da Vida. Moradores/as de rua de várias comunidades são assistidos/as semanalmente com uma refeição e acompanhados espiritualmente. As crianças participam de atividades recreativas e educacionais. Hoje já são cerca de 300 pessoas sendo abençoadas pelo projeto na capital do Piauí.O Projeto Esperança, desenvolvido pelo Ponto Missionário da Igreja Metodista em Aporá-BA, atende a comunidade local, um povoado carente, marcado pelo alto índice de prostituição e o tráfico de drogas. Além disso, muitos/as moradores/as da região estão envolvidos/as com o candomblé. Hoje são 40 pessoas ativas no Ponto Missionário, entre crianças, adolescentes e adultos. São irmãos e irmãs carentes não só no material,  mas principalmente de amor, carinho e atenção.Já o Projeto Mães Sozinhas existe na Remne desde 1992. Idealizado pela missionária e pedagoga alemã Ingeborg Jahreiss, durante o seu ministério na região, atende mulheres solteiras, viúvas e divorciadas  com filhos dos três aos 15 anos. O Mães Sozinhas foi inspirado em um programa alemão durante o pós-guerra: com a morte dos homens em batalha, as mulheres precisavam assumir o sustento da família. A proposta inspirou a igreja, que hoje presta assistência no Piauí, Maranhão, Pernambuco, Ceará e em breve na Paraíba.Organizado para ajudar igrejas locais no desenvolvimento de atividades sócio-educativas como uma alternativa às ruas e à situações de risco, nasceu no ano 2000, na área nacional, o Sombra e Água Fresca. O projeto proporciona um espaço para vivência e evangelismo; é um lugar de acolhimento, cidadania e educação integral. As igrejas são desafiadas a organizarem atividades extraescolares para crianças e adolescentes entre seis e 14 anos, contribuindo para seu desenvolvimento físico, intelectual, emocional, espiritual e social. A finalidade maior é oferecer melhores condições de vida e a possibilidade de desenvolvimento como pessoas e cidadãos/ãs.Tremembé, no município de Itarema-CE. A responsável pelas atividades é a missionária metodista Marly Schiavini de Castro. Ela explica que na aldeia a Igreja reforça a educação e atua na formação de professores. A Igreja Metodista também realiza ações junto ao poder público, apoiando os/as indígenas e prestando assessoria na gestão dos projetos de geração de renda e segurança alimentar do Ministério do Meio Ambiente, como pesca, agricultura, produção de ovos e artesanato.A Congregação Metodista no Bessa, em João Pessoa-PB, realiza desde 2010 o Metodista Fashion Day, um bazar organizado inteiramente por doações. A Igreja promove desfile das roupas doadas e um jantar servido à quem adquire os ingressos previamente vendidos. Todo o dinheiro arrecadado é revertido em benefício à pessoas em situação de vulnerabilidade social. Nos anos anteriores, entre outras finalidades, duas casas foram adquiridas para membros necessitados/as.Também na capital do Piauí é desenvolvido o projeto Casa de Jairo.  A proposta surgiu a partir da juventude da Igreja Central de Teresina, que durante um dia organiza uma força tarefa para restaurar a estrutura física da casa de alguma família carente da cidade. Durante o dia de trabalho, também há doação de alimentos, cuidados com a saúde dos/as moradores/as e acompanhamento espiritual.
“Somos uma comunidade a serviço do povo. Buscamos viver o evangelho integral e como consequência a igreja deve contribuir para que haja uma mudança verdadeira em seu entorno. Assim compartilharemos da responsabilidade pelas vidas que morrem vítimas da violência, da fome, da seca, da doença, da corrupção, do preconceito e do pecado social”,  afirmou a coordenadora regional de Ação Social, Sueleide Costa, resumindo a visão que norteia  a Região Missionária do Nordeste.
Com o mesmo ideal de promover essa responsabilidade social, as igrejas da Remne vêm atuando em diversas frentes, nas situações que envolvem vulnerabilidade e injustiça. “Ainda existem alguns tabus em torno do trabalho na Ação Social, como a ideia de um ministério a parte na vida e missão da igreja”, revelou Sueleide, que também ressaltou o propósito de cooperar efetivamente para que o caráter de amor e justiça de Deus se estenda para além dos muros do templo e não apenas como um evento, um momento diferente. 
Missão na íntegra
Em Teresina-PI acontece o Projeto Jesus Pão da Vida. Moradores/as de rua de várias comunidades são assistidos/as semanalmente com uma refeição e acompanhados espiritualmente. As crianças participam de atividades recreativas e educacionais. Hoje já são cerca de 300 pessoas sendo abençoadas pelo projeto na capital do Piauí.
O Projeto Esperança, desenvolvido pelo Ponto Missionário da Igreja Metodista em Aporá-BA, atende a comunidade local, um povoado carente, marcado pelo alto índice de prostituição e o tráfico de drogas. Além disso, muitos/as moradores/as da região estão envolvidos/as com o candomblé. Hoje são 40 pessoas ativas no Ponto Missionário, entre crianças, adolescentes e adultos. São irmãos e irmãs carentes não só no material,  mas principalmente de amor, carinho e atenção.
Já o Projeto Mães Sozinhas existe na Remne desde 1992. Idealizado pela missionária e pedagoga alemã Ingeborg Jahreiss, durante o seu ministério na região, atende mulheres solteiras, viúvas e divorciadas  com filhos dos três aos 15 anos. O Mães Sozinhas foi inspirado em um programa alemão durante o pós-guerra: com a morte dos homens em batalha, as mulheres precisavam assumir o sustento da família. A proposta inspirou a igreja, que hoje presta assistência no Piauí, Maranhão, Pernambuco, Ceará e em breve na Paraíba.
Organizado para ajudar igrejas locais no desenvolvimento de atividades sócio-educativas como uma alternativa às ruas e à situações de risco, nasceu no ano 2000, na área nacional, o Sombra e Água Fresca. O projeto proporciona um espaço para vivência e evangelismo; é um lugar de acolhimento, cidadania e educação integral. As igrejas são desafiadas a organizarem atividades extraescolares para crianças e adolescentes entre seis e 14 anos, contribuindo para seu desenvolvimento físico, intelectual, emocional, espiritual e social. A finalidade maior é oferecer melhores condições de vida e a possibilidade de desenvolvimento como pessoas e cidadãos/ãs.
Desde 1997 a Igreja Metodista atua junto ao povo Tremembé, no município de Itarema-CE. A responsável pelas atividades é a missionária metodista Marly Schiavini de Castro. Ela explica que na aldeia a Igreja reforça a educação e atua na formação de professores. A Igreja também realiza ações junto ao poder público, apoiando os/as indígenas e prestando assessoria na gestão dos projetos de geração de renda e segurança alimentar do Ministério do Meio Ambiente, como pesca, agricultura, produção de ovos e artesanato.
A Congregação Metodista no Bessa, em João Pessoa-PB, realiza desde 2010 o Metodista Fashion Day, um bazar organizado inteiramente por doações. A Igreja promove desfile das roupas doadas e um jantar servido à quem adquire os ingressos previamente vendidos. Todo o dinheiro arrecadado é revertido em benefício à pessoas em situação de vulnerabilidade social. Nos anos anteriores, entre outras finalidades, duas casas foram adquiridas para membros necessitados/as.
Também na capital do Piauí é desenvolvido o projeto Casa de Jairo.  A proposta surgiu a partir da juventude da Igreja Central de Teresina, que durante um dia organiza uma força tarefa para restaurar a estrutura física da casa de alguma família carente da cidade. Durante o dia de trabalho, também há doação de alimentos, cuidados com a saúde dos/as moradores/as e acompanhamento espiritual.
Desenvolvimento no povoado Maxinaré-RN
Localizado no município de Currais Novos-RN, segue caminhando. O local que recebeu a equipe da Missão Nordeste II no mês de Julho, semanalmente vem sendo visitado pelo missionário Igor Varela, da Igreja Metodista Central de Natal - como foi relatado na última edição do Compartilhar Pastoral.
Uma parceria foi firmada com a Secretaria de Educação de Currais Novos para a igreja intervir no povoado. Recentemente foi cedido um terreno próximo a escola reformada no mês de julho pela equipe missionária. No momento o trabalho liderado pela IM de Natal busca através de parcerias a viabilização da construção de um posto médico - a proposta é ter no local uma base para a missão, que também deve contar com aulas de música e informática.
De forma paralela, já se estuda a possibilidade da construção de mais um poço artesanal na região, dessa vez em Malhadas, outro povoado do município de Currais Novos e com terreno mais viável para a perfuração. A Igreja Metodista de Resende-RJ está em campanha para conseguir a verba que possibilitará o início do trabalho.
As visitas do missionário Igor acontecem aos sábados. Durante o dia ele ministra aulas de música e a noite é realizado um culto com a população local - a média de frequência é de 12 pessoas. De acordo com o planejamento, no mês de outubro tanto o posto como a base de apoio devem ter suas construções iniciadas. Em julho a prefeitura se comprometeu a instalar computadores para que jovens da Igreja de Natal possam ministrar aulas no povoado.
         

“Somos uma comunidade a serviço do povo. Buscamos viver o evangelho integral e como consequência a igreja deve contribuir para que haja uma mudança verdadeira em seu entorno. Assim compartilharemos da responsabilidade pelas vidas que morrem vítimas da violência, da fome, da seca, da doença, da corrupção, do preconceito e do pecado social”,  afirmou a coordenadora regional de Ação Social, Sueleide Costa, resumindo a visão que norteia  a Região Missionária do Nordeste.

Com o mesmo ideal de promover essa responsabilidade social, as igrejas da Remne vêm atuando em diversas frentes, nas situações que envolvem vulnerabilidade e injustiça. “Ainda existem alguns tabus em torno do trabalho na Ação Social, como a ideia de um ministério a parte na vida e missão da igreja”, revelou Sueleide, que também ressaltou o propósito de cooperar efetivamente para que o caráter de amor e justiça de Deus se estenda para além dos muros do templo e não apenas como um evento, um momento diferente.

 

Missão na íntegra

Em Teresina-PI acontece o Projeto Jesus Pão da Vida. Moradores/as de rua de várias comunidades são assistidos/as semanalmente com uma refeição e acompanhados espiritualmente. As crianças participam de atividades recreativas e educacionais. Hoje já são cerca de 300 pessoas sendo abençoadas pelo projeto na capital do Piauí.O Projeto Esperança, desenvolvido pelo Ponto Missionário da Igreja Metodista em Aporá-BA, atende a comunidade local, um povoado carente, marcado pelo alto índice de prostituição e o tráfico de drogas. Além disso, muitos/as moradores/as da região estão envolvidos/as com o candomblé. Hoje são 40 pessoas ativas no Ponto Missionário, entre crianças, adolescentes e adultos. São irmãos e irmãs carentes não só no material,  mas principalmente de amor, carinho e atenção.

Já o Projeto Mães Sozinhas existe na Remne desde 1992. Idealizado pela missionária e pedagoga alemã Ingeborg Jahreiss, durante o seu ministério na região, atende mulheres solteiras, viúvas e divorciadas  com filhos dos três aos 15 anos. O Mães Sozinhas foi inspirado em um programa alemão durante o pós-guerra: com a morte dos homens em batalha, as mulheres precisavam assumir o sustento da família. A proposta inspirou a igreja, que hoje presta assistência no Piauí, Maranhão, Pernambuco, Ceará e em breve na Paraíba.

Organizado para ajudar igrejas locais no desenvolvimento de atividades sócio-educativas como uma alternativa às ruas e à situações de risco, nasceu no ano 2000, na área nacional, o Sombra e Água Fresca. O projeto proporciona um espaço para vivência e evangelismo; é um lugar de acolhimento, cidadania e educação integral. As igrejas são desafiadas a organizarem atividades extraescolares para crianças e adolescentes entre seis e 14 anos, contribuindo para seu desenvolvimento físico, intelectual, emocional, espiritual e social. A finalidade maior é oferecer melhores condições de vida e a possibilidade de desenvolvimento como pessoas e cidadãos/ãs

Desde 1997 a IM atua junto ao Povo Tremembé, no município de Itarema-CE. A responsável pelas atividades é a missionária metodista Marly Schiavini de Castro. Ela explica que na aldeia a Igreja reforça a educação e atua na formação de professores. A Igreja também realiza ações junto ao poder público, apoiando os/as indígenas e prestando assessoria na gestão dos projetos de geração de renda e segurança alimentar do Ministério do Meio Ambiente, como pesca, agricultura, produção de ovos e artesanato.

A Congregação Metodista no Bessa, em João Pessoa-PB, realiza desde 2010 o Metodista Fashion Day, um bazar organizado inteiramente por doações. A Igreja promove desfile das roupas doadas e um jantar servido à quem adquire os ingressos previamente vendidos. Todo o dinheiro arrecadado é revertido em benefício à pessoas em situação de vulnerabilidade social. Nos anos anteriores, entre outras finalidades, duas casas foram adquiridas para membros necessitados/as.

Também na capital do Piauí é desenvolvido o projeto Casa de Jairo.  A proposta surgiu a partir da juventude da Igreja Central de Teresina, que durante um dia organiza uma força tarefa para restaurar a estrutura física da casa de alguma família carente da cidade. Durante o dia de trabalho, também há doação de alimentos, cuidados com a saúde dos/as moradores/as e acompanhamento espiritual.

 

Desenvolvimento no povoado Maxinaré-RN

Localizado no município de Currais Novos-RN, segue caminhando. O local que recebeu a equipe da Missão Nordeste II no mês de Julho, semanalmente vem sendo visitado pelo missionário Igor Varela, da Igreja Metodista Central de Natal - como foi relatado na última edição do Compartilhar Pastoral.

Uma parceria foi firmada com a Secretaria de Educação de Currais Novos para a igreja intervir no povoado. Recentemente foi cedido um terreno próximo a escola reformada no mês de julho pela equipe missionária. No momento o trabalho liderado pela IM de Natal busca através de parcerias a viabilização da construção de um posto médico - a proposta é ter no local uma base para a missão, que também deve contar com aulas de música e informática.

De forma paralela, já se estuda a possibilidade da construção de mais um poço artesanal na região, dessa vez em Malhadas, outro povoado do município de Currais Novos e com terreno mais viável para a perfuração. A Igreja Metodista de Resende-RJ está em campanha para conseguir a verba que possibilitará o início do trabalho.

As visitas do missionário Igor acontecem aos sábados. Durante o dia ele ministra aulas de música e a noite é realizado um culto com a população local - a média de frequência é de 12 pessoas. De acordo com o planejamento, no mês de outubro tanto o posto como a base de apoio devem ter suas construções iniciadas. Em julho a prefeitura se comprometeu a instalar computadores para que jovens da Igreja de Natal possam ministrar aulas no povoado.

 




COMPARTILHAR - 2016

Missão
Leia as informações da missão da Igreja Metodista na Região Nordeste. Uma comunidade de fé a serviço do povo. Missão, evangelização, amor e trabalho.

Vídeos

Remne no Youtube
Uma fé vibrante e um povo forte. Confira o trabalho desenvolvido no Nordeste brasileiro.

Busca de Conteúdos no Portal

Cadastro Nacional de
Igrejas e Pastores

Pesquise também:

Versículo do Dia

Portanto santificai-vos, e sede santos, pois eu sou o Senhor vosso Deus.


LEVÍTICO 20.7

Boletim Eletrônico
Informe seu nome e e-mail para receber nosso boletim eletrônico.
Nome:
E-mail:
Região Missionária do Nordeste
Rua Desembargador Góes Cavalcante, 331, Parnamirim - CEP 52060-140 - Recife - PE - Fone: 81 3202.3050
Desenvolvido por: